terça-feira, 16 de maio de 2017

ALGUMAS AVES DA SERRA DO CAPARAÓ VISTAS AGORA MAIO/2017.

Entre os dias 9 e 12 de maio próximos, fizemos mais uma visita ao Pico da Bandeira, no Parque Nacional do Caparaó. Muitas aves de altitude, que não são comuns, ou existentes em outras áreas do país, foram registradas nessa ocasião.

A seguir, postamos algumas fotos dessas aves:

Sabiá-do-banhado, Embernagra platensis, espécie que no ES somente habita regiões serranas: avistamos alguns indivíduos próximos á localidade de Pedra Menina.














Adicionar legenda
a Tesoura cinzenta, Muscipipra vetula é comum no parque, onde habita desde a portaria há mais ou menos 950 m. de altitude, até as proximidades dos campos de altitude situados há mais de 2.000 m.












O Sanhaçu-frade, Stephanophorus diadematus é tipico das elevações das serras do SE do Brasil.





















o Beija-flor-de- Topete, Stephanoxis lalandi é mais um dos habitantes dessas paragens das serras do SE, de clima frio, onde é um dos beija flores mais vistos. Esse indivíduo é um macho que cantava insistentemente.













O Tucano de bico verde, Ramphastos dicolorus, no norte de sua área de distribuição, no caso o Estado do ES. Santo, é registrado nas regiões serranas acima de 700 metros, sendo no Caparaó o único tucano que já registramos.














O Pica-pau Rei, Campephilus robustus é o maior pica-pau do Brasil, alcançando o comprimento de 36 centimetros e pesando em média cerca de 200 gramas. Habita regiões florestais, tanto nas serras quanto nas baixadas. Esse ai que fotografamos, é um individuo macho que estava acompanhado da fêmea.










A Maracanã-verdadeira, Priomolius maracana é uma ararinha com vasta área de ocorrência em nosso país, estando ameaçada no sul do Brasil e na Argentina. Vimos alguns casais cortando os ares do Parque Nacional. Outro psitácida ameaçado e que registramos no parque foi o Papagaio de peito roxo Amazona vinácea.










O Bico-virado-carijó, Xenops rutilans é ave comum, encontrada também em florestas da baixada. Esse ai foi visto em um grande bando misto de aves.















Arapaçus são aves insetivoras que galgam troncos à procura de insetos de que se alimentam. o Arapaçu escamado, Lepdocolaptes squamatus, ocorre em vários ambientes florestais tanto em montanhas quanto em baixadas.











A Saíra-lagarta Tangara desmaresti é outra ave das regiões serranas, sendo que no Caparaó é a saíra mais abundante. Frequenta em bando as numerosas fruteiras silvestres da copa das árvores, principalmente melastomaceae  e Mirtaceae.








O belíssimo Pica-pau dourado, Piculus aurulentus infelizmente é considerado como uma espécie "quase ameaçada" devido à destruição das florestas! Também é uma espécie habitante das regiões serranas do SE do Brasil













Muito obrigado aos amigos e amigas que nos visitam!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela visita e comentário!